UENP realizará Jornada sobre Ações Afirmativas

UENP realizará Jornada sobre Ações Afirmativas

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) realizará, nos dias 17, 19 e 20 de abril, a 1ª Jornada de Debates sobre as Políticas de Ações Afirmativas. O evento, organizado pela Comissão de Estudos de Ações Afirmativas da Universidade, será realizado nos três campi e contará com conferências e apresentações culturais. De acordo com a Comissão, o objetivo do evento, que terá o mesmo formato nos três dias, é propiciar à comunidade acadêmica um espaço para se discutir a implantação do sistema de cotas na Instituição.

Na próxima segunda-feira, dia 17, o Campus Luiz Meneghel, de Bandeirantes, receberá a primeira etapa do evento, às 14 horas, no auditório Thomaz Nicoletti. A conferência será realizada pelo professor-doutor Jairo Pacheco, da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Pacheco desenvolveu inúmeras pesquisas sobre a inclusão do afrodescendente no ensino superior e foi um dos articuladores da implantação do sistema de cotas sociais e raciais na UEL. A palestra terá como tema “As cotas raciais e sociais: ações que deram certo!”. A apresentação musical ficará por conta do Grupo Aruanda, de Jacarezinho.

Já na quarta-feira, dia 19, será a vez do Campus de Jacarezinho receber a Jornada. O evento será realizado no Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA - Faculdade de Direito), às 19h30. A conferencista da noite será a professora-doutora Maria Nilza (UEL) que também abordará questões referentes as políticas de ações afirmativas na Universidade. Socióloga, desde 2005, Maria Nilza coordena projetos de pesquisa sobre as Relações Raciais e a Segregação Urbana e esteve, junto com o professor Jairo, na implantação da política de cotas na UEL. A atração cultural será realizada pela Bateria Capiau, do curso de Direito, e também pelo grupo musical Tons Afro, de Ourinhos.

O Campus de Cornélio Procópio receberá, nas dependências do PDE, a última etapa da Jornada. No dia 20, às 19h30, o evento será aberto pela apresentação musical de Tons Afro, que preparou um repertório próprio para a ocasião. A professora Maria Nilza conduzirá a conferência, que, logo em seguida, dará espaço para a comunidade acadêmica debater o assunto.

A reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan, acentua que o evento foi pensado na perspectiva de subsidiar a comunidade acadêmica com informações relativas a ações afirmativas implantadas em outras universidades paranaenses, com destaque à experiência da UEL, que trabalha há mais de uma década com reservas de vagas. “Acreditamos que esse encontro vai nos ajudar a compreender e aprofundar institucionalmente a implementação dessa política”, afirmou a reitora.

Segundo o vice-reitor da UENP, Fabiano Gonçalves Costa, que é membro da Comissão de Estudos da Ações Afirmativas da Universidade, a 1ª Jornada de Debates ajudará na elaboração de um relatório que deverá ser entregue ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UENP. “Em maio, está prevista uma reunião com o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que irá deliberar sobre este assunto no âmbito da UENP. Por isso, procuramos difundir o assunto dentro da UENP para que a comunidade possa debater a questão com a propriedade e a segurança que o tema merece”, explicou.

Das sete universidade estaduais do Paraná, cinco possuem sistema de cotas. Para a pró-reitora de graduação da UENP, Ana Paula Belomo Castanho Brochado, que também é integrante da comissão, essa é uma das razões que justificam a discussão do tema. “O debate sobre a implantação de ações afirmativas na UENP, na forma de reserva de vagas nos processos seletivos de ingresso, é urgente não apenas pela coerência e sintonia com as demais instituições de ensino superior no que se refere a políticas públicas para o ensino, mas sobretudo pelo compromisso social e regional que fundamentaram a criação e a consolidação da UENP”, pontuou.

Para se inscrever no evento, acesse o Formulário de Inscrição. Os participantes e inscritos na Jornada receberão declarações que serão emitidas pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UENP. A inscrição é gratuita.   

Última modificação: Quarta, 12 Abril 2017 18:16