bn setimachamada

A obra "Ensaios Filosóficos" será lançada na Livrarias Curitiba do ParkShopping Barigui em 12 Julho

Os professores Fábio Antonio Gabriel e Gustavo Luiz Gava, mestrandos em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC) e docentes das Universidades Estadual do Norte do Paraná (UENP) e Positivo, respectivamente, lançarão o livro "Ensaios Filosóficos: Antropologia, Neurociência, Linguagem e Educação" em Curitiba. O evento acontecerá em 12 de julho, às 19h30, na Livrarias Curitiba do Parkshopping Barigui.

O livro é organizado em três eixos: Neurociência, antropologia e linguagem em diálogo; Ensaios filosóficos modernos e contemporâneos; Filosofia e Educação: ensaios, diálogos e Propostas Metodológicas para o Ensino. Para o prefaciador, professor-doutor Kleber Bez Birolo Candiotto (docente da PUC-PR), o livro possui um conteúdo relevante na medida em que: "Ao consultar a obra, o leitor será instigado pelos constantes e profundos questionamentos oriundos das diversas temáticas abordadas pelos autores, organizada por Fábio Antonio Gabriel e Gustavo Luiz Gava, com exímia apresentação de José Carlos da Silva."

O coordenador do curso de Filosofia da UENP, professor–doutor José Carlos da Silva, enfatiza, na apresentação da obra: "As reflexões do livro 'Ensaios filosóficos: antropologia, neurociência, linguagem e educação' e seus desdobramentos querem ajudar a formar o homem integral na atual conjuntura em que vivemos. Quanto mais integração houver, mais possibilidade terá o homem de ser cidadão emancipado e capaz de lutar por uma qualidade de vida mais humana, justa e digna do ser humano".

O diretor do Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), professor-doutor Antônio Carlos de Souza, um dos autores do livro, ressalta que a obra completa o projeto dos docentes do curso de Filosofia da UENP em parceria com diversos professores de outras instituições da trilogia lançada pela Multifoco: "Filosofia e educação: um diálogo necessário" (2011); "Filosofia e educação: um diálogo entre saberes na contemporaneidade" (2012) e "Ensaios Filosóficos" (2012).

Os autores dos artigos que compõe o livro são: Ana Paula Ribeiro (PUC-PR); Antonio Carlos de Souza (UENP); Ari Alex Ramos (PUC/PR); Carlos Willians Jaques Morais (UEPG-UNICAMP); Cleber Dias de Araújo (SEED-PR); Elisandra Angrewski (SEED-PR); Eva Cristina Francisco (UENP); Isadora Lima Machado (UNICAMP); Jorge Sobral da Silva Maia (UENP); Lucas André Teixeira (UNESP); Marcelo Rocha (PUC-PR); Márcia Regina Galvan Campos (SEED PR); Maria Cristina Müller (UEL); Maria Eliane Rosa de Souza (IF-GO); Maurício Silva Alves (PUC-PR); Odirlei Silva de Souza (SEED-PR); Pamela Cristina de Gois (SEED-PR); Ronaldo Mainardes Lemes Pinheiro (SEED-PR); Silvia Borba Zandoná Cadenassi (UENP).

Professores e alunos do Centro de Letras, Comunicação e Artes (CLCA), campus de Jacarezinho, da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), participaram do II Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários (II CIELLI) e V Colóquio de Estudos Linguísticos e Literários (V CELLI), proposto pelo programa de pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Maringá (UEM) realizado de 13 a 15 de junho.

O evento, que se consolidou como espaço de ampla divulgação científica, contou com a participação de pesquisadores atuantes no Brasil para discussão, reflexão e divulgação de produção acadêmica, técnica e cultural em Letras, Línguística e áreas afins. Os professores e acadêmicos da Uenp apresentaram estudos acadêmicos e assistiram a conferências de universidades estrangeiras e de estudiosos do Brasil em mesas-redondas e proposição de simpósios. Entre os palestrantes, estiveram os renomados Roger Chartier (França), com o tema: "Literatura e cultura escrita: estabilidade das obras, mobilidade dos textos, pluralidade das leituras"; e Carlos Reis (Portugal): "Estudos narrativos: estado da questão e a questão da personagem".

Os professores da UENP participantes foram: Vera Maria Ramos Pinto, Fernanda de Cássia Miranda, Luciana Brito, Patrícia Cristina de Oliveira Duarte, Marilúcia dos Santos, Rita de Cássia Lamino de Araújo Rodrigues, Rosiney Aparecida Lopes do Vale, Eva Cristina Francisco e Nerynei Meira Carneiro Bellini. Acadêmicos presentes: Moisés Gonçalves do Santos, Thiago Leonardo Ribeiro, Natália Guerra Brisola Gomes, Geisiara Priscila Christ, Mateus Fernando de Oliveira.

Docentes e acadêmicos do Centro de Letras, Comunicação e Artes, campus Jacarezinho, da UENP, participam de Cóloquio Internacional na Universidade Estadual de Maringá.

Inicialmente sob o título de FAEFIJA – Faculdade de Educação Física de Jacarezinho, hoje o CCS – Centro de Ciências da Saúde – completou neste ano de 2012 40 anos de sua fundação. Com renomados professores formou diversos profissionais que, hoje espalhados pelo Brasil e exterior contribuem com a formação acadêmica e pesquisa em diversas áreas.

Para marcar a data o CCS/UENP oferecerá dia 29 de junho um jantar por adesão, para aquisição dos convites será necessário entrar em contato com a secretaria do CCS (fone: 43 3525 0498) . Durante todo mês haverá atividades esportivas comemorativas alusivas a data.

Sobre o Centro de Ciências da Saúde
O Centro de Ciências da Saúde da UENP passou a ter uma abrangência considerada de nível nacional, já que contou com candidatos participantes em seus Processos Seletivos de oito estados da Federação, quais sejam Bahia, Rondônia, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, e o estado do Paraná. Participaram candidatos de cerca de 180 municípios.

Além de suas atividades de ensino, a instituição promove vários Projetos de Extensão e também incentiva a pesquisa, através da promoção de Congresso Científico, envolvendo alunos e professores da instituição e participantes de outras instituições. Também possibilita a oferta de cursos de pós-graduação, por enquanto a nível lato-sensu, tanto na área de educação quanto na de fisioterapia, com cursos na sede e fora dela.

Estrutura
O Centro de Ciências da Saúde da UENP conta com três cursos, o de Licenciatura Plena em Educação Física, Graduação em Educação Física (Bacharelado) e de Fisioterapia.

Com sede própria, o Centro de Ciências da Saúde possui excelentes condições para a execução de suas atividades, contando com a seguinte estrutura física:
- Oito salas de aula equipadas com cadeiras universitárias, Ar condicionado, data-show, televisão, videocassete, retroprojetor e tela de projeção.
- Uma sala de Biblioteca, climatizada. mesas para estudo, salas para estudo em grupos, equipamento de TV, vídeo e parabólica, e computadores, onde todos alunos tem acesso à Internet.
- Quadra polivalente coberta e iluminada, com piso especial e arquibancada, para atividades práticas.
- Quadra aberta iluminada, com piso especial e cercada por tela.
- 3 quadras abertas.
- Pista de Atletismo com medidas oficiais.
- Piscina com 25 x 12,5, fechada e aquecida com vestiários e cercada por tela, para atividades de hidroterapia.
- 2 Laboratorios de informática
- Laboratório de anátomo-biologia.
- Laboratório de Avaliação Física com isocinetico.
- Laboratório de histopatologia
- Estrutura administrativa com secretaria e atividades pedagógicas
- Sala de Professores e reuniões, compatível com a IES.
- Salas de permanência dos professores e de atendimento acadêmico
- Clínica de Fisioterapia.
- Setor de hidroterapia, com piscina de água aquecida.
- Salão de Ginástica.
- Uma completa academia de musculação e de atividades corporais
- Um tatame para lutas e ginástica olimpica
- Salão Nobre, climatizado com espaço para 100 pessoas.

Conheça o Processo de Criação da Então Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho

A Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho, hoje integrada a Universidade Estadual do Norte do Paraná como Centro de Ciências da Saúde, foi instituída pelo Governo do Estado do Paraná, sob forma de Fundação de Direito Público, segundo o disposto no Artigo 4º da Lei N.º 5.540, de 28 de novembro de 1968.

Em 10 de fevereiro de 1972, o Egrégio Conselho Estadual de Educação emitiu parecer 2/72, no Processo número 032/72, favorável à autorização para o funcionamento da então Fundação Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho e em 20 de junho de 1972 a Instituição iniciou suas atividades, através de seu Fundador e Diretor Professor Rodrigo Octávio Torres Pereira, obedecendo ao Decreto N.º 70.425, de 17 de abril de 1972, do Senhor Presidente da República e do Senhor Ministro da Educação, publicado no Diário Oficial da União, edição de 19 de abril de 1972, o qual autorizava seu funcionamento.

O Decreto número 79.150, de 19 de janeiro de 1977, do Excelentíssimo Senhor Presidente da República, publicado às folhas 737 do Diário Oficial da União, de 20 de janeiro de 1977, homologou o Parecer n.º 3749/76, concedendo o reconhecimento aos Cursos de Educação Física e de Técnico de Desportos, desta Faculdade.

A Instituição instalou-se na Escola Estadual Imaculada Conceição, onde funcionou desde 1972 até 1990 e no dia 20 de agosto de 1991 transferiu-se para sua sede própria.

O diretor do CCS- antiga Faefija, Prof. Dr. Fabio A. N. Martini lembra a importância do curso de Educação Física teve e tem para todo o norte pioneiro do Paraná e sul de São Paulo na formação de ótimos e importantes educadores físicos que se espalharam por todo o Brasil para mostrar a importância da Educação Física tem na melhora e busca de uma vida cada vez mais saudável. Ele diz que estamos nos preparando para mais 40 anos de modernização e na melhor capacitação dos futuros profissionais na área.

Acadêmicos do 4º ano de Geografia da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), do Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), campus Cornélio Procópio (CCP), acompanhados pelo professor Aécio Rodrigues de Melo, do colegiado de Geografia, realizaram viagem de estudo à cidade de Foz do Iguaçu, na região sudoeste paranaense, nos dias 7 e 8 de junho.

O trabalho de campo começou com visita técnica à Usina Hidrelétrica de Itaipu, na manhã do dia 7. À tarde, os acadêmicos visitaram o Parque Nacional do Iguaçu, com destaque para as cataratas do Rio Iguaçu, a belíssima Floresta Tropical, a estátua em homenagem a Santos Dumont, e outros pontos de interesse.

No dia seguinte, foi a vez de conhecerem o Marco das Três Fronteiras, a mesquita Omar Ibn Al-Khatab – a maior igreja muçulmana da América Latina –, os aspectos urbanos da cidade de Foz do Iguaçu e da Ciudad del Este, no vizinho Paraguai.

"A viagem nos revelou um lugar impossível de se descrever com palavras, de uma beleza selvagem que atiçou a curiosidade inata dos exploradores. Pode-se afirmar, com toda segurança, que a dinâmica efetuada alcançou e mesmo ultrapassou as expectativas desse trabalho de campo exploratório", afirmou o professor Ricardo Campos, diretor do CCHE/CCP.

"Nunca é demais repetir que um dever inerente ao geógrafo é satisfazer a curiosidade das pessoas sobre o mundo em que vivem e para isso ele precisa conhecer, compreender e apreciar os lugares, daí a necessidade do trabalho de campo. Reafirmamos o já que disse Hart: 'uma boa Geografia começa pelo olhar'", acrescentou.

Esse estudo de campo foi uma extensão dos propósitos do curso e representou um percurso do conteúdo teórico, prático e metodológico. O geógrafo necessita realizar atividades que vão além das fronteiras das salas de aula e que ultrapassem os divisores acadêmicos, sempre buscando experimentar diferentes realidades.

O Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) aprovou, em reunião extraordinária realizada na terça-feira, 26, o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2012-2017) que será encaminhado ao Conselho Estadual de Educação (CEE/PR) na sexta-feira, 29 de junho. Na sessão, realizada na sala dos Conselhos da reitoria, em Jacarezinho, apresentou-se ainda dados do relatório final da avaliação interna da Instituição referentes a 2011. A agenda cumpriu também com o encaminhamento, pelo Conselho de Administração e Finanças, das contas da UENP relativas ao exercício de 2011.

O PDI é um documento elaborado de forma colegiada, tendo a participação de todos os setores da comunidade acadêmica para um período de cinco anos. O documento, que será levado em mãos ao CEE/PR pelo vice-reitor, professor-doutor Rinaldo Bernardelli Junior, identifica a UENP no que diz respeito à sua filosofia de trabalho, à missão a que se propõe, às diretrizes pedagógicas que orientam suas ações, à estrutura organizacional e às atividades acadêmicas que desenvolve ou que pretende desenvolver.

A Pró-Reitoria de Planejamento e Avaliação Institucional da UENP explica que: "O documento contempla alguns dos principais objetivos a serem alcançados pela UENP e norteia as ações estratégicas para o ensino, pesquisa e extensão, além de tratar do plano de expansão da Universidade".

Princípios como a clareza e a objetividade do texto, bem como a coerência, para expressar a adequação entre todos os seus elementos e a factibilidade, e demonstrar a viabilidade de seu cumprimento integral foram considerados para a elaboração do documento que possui 130 páginas. O Plano, que será disponibilizado no site da UENP no mês de julho, também é considerado para o processo permanente de autoavaliação institucional que possibilitará a tomada de decisões estratégicas tendo em vista a consolidação dessa instituição neonata.

Durante a sessão, os conselheiros tiveram acesso ao resultado da avaliação interna realiza pela UENP em 2011. As perguntas de ordem administrativa, estrutural e de cunho acadêmico, que buscaram compreender a realidade da Universidade, foram direcionadas para professores, alunos e funcionários da Instituição que puderam, assim, opinar sobre diversas esferas do universo acadêmico.

A Ordem do Dia teve ainda a leitura e a aprovação da ata da reunião do dia 8 de dezembro, recurso de matrícula fora de prazo da acadêmica Bruna Elisa Alkimin Vieira e as comunicações dos senhores conselheiros.

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES